Wednesday, 12 March 2008

As Nuvens

I

Nuvens passam de mansinho
Como se não fosse nada com elas
Mas eu não as perco no caminho
Com persistência a vê-las

II

Elas dançam no céu
Com o propósito de se juntar
Para que meus olhos e os teus
As possam admirar

III

Se olhares bem para elas
Começam a escurecer
Como são belas
Vai mesmo escurecer

IV

As nuvens são brancas
Também cor de chumbo
Se não houvesse nuvens pela certa
Isto estou a ser franca
Era o fim do Planeta

No comments: